Seja bem vindo ao nosso site LITORAL SUL FM litoralsulfm.com!

Locutores
Kammylla Roberta
Roberto Notícia
Jacyara Cristina
Fan Page
CLASSIFICADOS
Toca Disco
R$ 500,00
Apartamento
R$ 2.500,00
Teste
R$ 2.500,00
Top Música
1
Julia Vitoria e GabrielEsperança
2
KemuelAlgo Novo
3
Jairo BonfimDeus Proverá
4
EyshilaMe Leva
5
Jairo BonfimDeus Proverá
Enquete

Qual dessas Redes Sociais voce acessa?

Facebook

Instagram

Twitter

Youtube


Vitrine de Produtos
Torta de Abacaxi Caramelizada
R$ 50,00
Amoratta Doces
Consulte-nos
Sandália Santa Lolla
R$ 180,00
WhatsApp 83 9 98 51 64 21
Bate Papo

Digite seu NOME:

LITORAL SUL FM - A Rádio da Gente
TV LITORAL SUL
Siga-nos no Instagram
Para e Bebe
Plantekmotocenter
Amoratta Doces
Estatísticas

Visitas: 2311937

Usuários Online: 1

Nenhuma programação cadastrada
para esse horário
GERAL

Título da Notícia

Publicada em 17/05/2024 às 19:10h - 1095 visualizações

Link da Notícia:
Compartilhe
   

Título da Notícia

O desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba, Ricardo Vital de Almeida, rejeitou o pedido impetrado pela defesa do Padre Egídio de Carvalho para suspensão das audiências de instrução sobre o caso de supostos desvios de recursos do Hospital Padre Zé, marcadas para acontecer nos próximos dias 20 e 27 de maio. Em decisão publicada na manhã desta sexta-feira (17), o magistrado indica que não houve ilegalidade em despacho proferido pelo Juiz Jose Guedes, na última segunda-feira (13), determinando a realização das audiências.

“Para o deferimento de medida liminar, é necessário que o impetrante demonstre, através de prova pré-constituída, a presença do fumus bonis iuris e do periculum in mora, de modo que deve estar presente flagrante ilegalidade, observando-se a possibilidade de lesão grave e de difícil ou impossível reparação e, ainda, a plausibilidade do direito subjetivo deduzido”, escreveu Vital.

“Ademais, examinando a decisão guerreada, observo que o ilustre magistrado examinou detalhadamente cada pedido formulado pela defesa do corrigente, indeferindo os pleitos de forma fundamentada”

A defesa do sacerdote buscava a anulação das buscas e apreensões realizadas no âmbito da Operação Indignus, deflagrada no ano passado pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

Réu nos altos dos processos da “Operação Indignus”, o Padre Egídio chegou a ser preso, mas foi posto em prisão domiciliar no último mês após ser submetido a uma cirurgia para a retirada de um tumor. O procedimento cirúrgico também compunha a alegação da defesa do sacerdote de que ele precisa permanecer em repouso médico por 60 dias e não poderá comparecer à audiência.




ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








PARCEIROS
Portal 1001 NotíciasParceiro 01Movimento SOS Rio CuiáParceiro 03Litoral Norte FM - 104.9

Copyright (c) 2024 - LITORAL SUL FM - Todos os direitos reservados
Converse conosco pelo Whatsapp!
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias, mp3, Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, R�dios e TVs, Tempo e Trânsito, �ltimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD